NEWSLETTER
Cadastre-se para receber as novidades deste portal diretamente no seu e-mail!
X

Dicas para mudar o cardápio infantil

Publicado em 27/11/2017 13:28
Categoria: Dicas
Dicas para mudar o cardápio infantil

Para mudar a alimentação dos filhos que têm hábitos não saudáveis é preciso que a atitude seja de toda a família, que deverá fazer dos alimentos in natura ou minimamente processados a base de sua alimentação, limitar o uso de alimentos processados e evitar alimentos ultraprocessados.

 

Redução gradual??

A redução gradual daquilo que não é tão saudável, como o açúcar, serve como estratégia. “O sucesso é maior quando não há briga ou desconforto. Veja o exemplo do leite com achocolatado. Nos primeiros dias, se a mãe usa duas colheres, uma boa dica é reduzir para uma e meia. Depois de um tempo, só uma. A criança não consegue notar muito a diferença e depois de uma semana ou duas, pode até pedir apenas o leite puro, que é muito mais saudável”, explica a nutricionista Rafaela Rangel de Araújo Jorge, especialista em alimentação infantil.

 

Enriquecer alimentos??

Enquanto a criança não adequa seu paladar à alimentação saudável, uma boa estratégia é enriquecer os alimentos aos quais ela já está acostumada. Se ela não gosta de cenoura, pode perceber que ela fica gostosa em um bolo – e participar do processo, na cozinha, pode ajudá-la a compreender isso. Vale adicionar itens saudáveis como frutas, verduras, legumes, hortaliças, raízes e castanhas em sucos, crepes, sopas e panquecas.

 

Visual atrativo

Também é importante atentar para o visual dos alimentos, como explica Rafaela Rangel. “A criança é muito visual. Fiz um trabalho em uma escola que deu muito certo. Oferecemos mamão em cubos e nem todas comeram. Alguns dias depois, oferecemos o mamão novamente, mas cortamos em formato de coração e não sobrou nada. Se você trabalha a refeição de uma forma lúdica ajuda muito. A criança precisa ter a chance de escolher e o processo de conquistar a confiança demora bastante, embora seja recompensador”, explicou a especialista em alimentação infantil.

 

Use alimentos de sua região

A publicação Alimentos Regionais Brasileiros, do Ministério da Saúde, é um bom guia para aguçar a criatividade na hora de montar o cardápio do dia a dia. O objetivo principal é divulgar a imensa variedade de frutas, hortaliças, tubérculos e leguminosas do nosso país, além de apoiar a educação alimentar e nutricional e incentivar a alimentação adequada e saudável. Esse material contribui, ainda, para divulgar a variedade de alimentos em todas as regiões e orientar seu uso em preparações culinárias.

 

Baixe o Livro Alimentos Regionais Brasileiros aqui 

 

Fonte: Ministério da Saúde. 

Escola Espaço da Criança - Todos os direitos reservados